Vidros e guarnições de borracha

 

Prezados, aqui que a ferrugem age de forma agressiva e passiva. Apesar de haver um orifício nas extremidades
inferiores da carroceria embaixo da borracha número 2 do pára-brisa número 1, há risco da ferrugem atacar
nesta área. Vale a dica de inspeção visual levantando a borracha manualmente a procura de bolhas e passar um
pouco de vaselina em pasta nos cantos inferiores (áreas de maior risco) Usem pincel e tome muito cuidado,
pois o vidro é laminado e muito sensível a torções. Não usem chaves de fenda ou ferramentas pesadas.
Sugiro apenas o dedo para levantar um pouco a borracha.

Na borracha da ventarola, peça número 5, a mesma instrução. Inspeção visual e vaselina sólida.

O vidro traseiro número 8 do fusca 86, tinha um orifício em ambos os lados das extremidades
inferiores sobre borracha de vedação número 9. Mas, no Fusca Itamar, não tem mais.
Apenas no pára-brisa.  Já tive Fuscas que desenvolveram ferrugem nesta área devido ao acumulo
de água e umidade. Dica: inspeção visual idêntica aos vidros laterais e pára-brisa e vaselina
nos cantos inferiores.




 

início

 

Porto Alegre - RS

contato@fuscaitamar.com.br
Direitos reservados volkswagen do brasil s/a